Como vender mais durante a Black Friday (Demo)

Como vender mais durante a Black Friday (Demo)

A Black Friday é uma data comercial mundialmente conhecida. Incorporado ao calendário brasileiro, o dia é dedicado a promoções e pode ser ótima oportunidade para as pequenas empresas destacarem-se no mercado.
Com origem nos Estados Unidos, lá o evento acontece sempre na sexta-feira que antecede o Dia de Ação de Graças, comemorado na 4ª quinta-feira do mês de novembro, e marca o começo da temporada de compras para o Natal.
No Brasil, desde 2010, o comércio aproveita a Black Friday sempre em uma sexta-feira próxima à data norte-americana. Na primeira edição, apenas as lojas virtuais aderiram ao dia. Atualmente, há um estímulo para que todas as lojas nacionais participem da promoção, tanto as físicas como as de e-commerce.
O Sebrae SP apresenta uma série de dicas na cartilha Venda Melhor na Black Friday, com orientações para você aproveitar a data. Confira a seguir algumas delas e tire o máximo de proveito.

Planejamento

Para planejar-se bem, observe detalhadamente cada item a ser ofertado. É preciso chamar a atenção do cliente com produtos e preços convidativos. Por exemplo, fique atento a:

  • Estoque: considerando a possibilidade de aumento na quantidade de vendas dos produtos de sua loja, uma estratégia fundamental é certificar-se do número de peças disponíveis, anunciando a quantidade de itens existentes. Lembre-se: não é preciso colocar toda a loja em promoção. Escolha os produtos mais procurados, mas também dê grandes descontos nos novos. É uma forma de fidelizar os clientes e, ainda, fazer com que eles indiquem a loja para futuros compradores.
  • Comunicação: divulgue as ações da loja nas redes sociais, blogs, entre outras ferramentas da internet. Envie e-mail marketing informando sobre o dia para todos os clientes. No próprio site de e-commerce, coloque novas cores, chamadas atrativas para o dia promocional e banners que atentem para a data.
  • Visual: nas lojas físicas, invista na aparência do negócio, sempre com o objetivo de chamar a atenção para a Black Friday.

Mais dicas

Os clientes que aproveitam as datas promocionais, em geral, buscam realizar compras há muito tempo desejadas.
Dentre os produtos oferecidos pela sua empresa, faça uma pesquisa prévia sobre quais os itens que têm potencial de venda ou que se tornarão atrativos com a proposta de descontos e, por isso, devem ser colocados na promoção.
Analise a margem de lucro e negocie condições especiais com os fornecedores. Se não houver planejamento estrutural, logístico e financeiro, a empresa pode ter prejuízo e este, sem nenhuma dúvida, não é o objetivo.

Transparência

A definição dos preços e os descontos não podem ser camuflados. A transparência é fundamental para participar da Black Friday.
O Sebrae estimula que os empresários busquem o selo Black Friday Legal, conferido pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), parceira do Busca Descontos, organizador da Black Friday no Brasil.
Para obter o selo, é necessário aceitar todas as condições do Código de Ética do Black Friday Legal, que consta no portal da Câmara, e que ganha novas configurações a cada ano. É preciso confirmar a aceitação do Código no site para pedir o selo.
Os órgãos de defesa do consumidor, como os Procons, orientam os compradores a pesquisarem preços nas lojas onde pretendem fazer as compras promocionais para que tenham certeza de que os valores não foram alterados antes do desconto.
A iniciativa é para evitar que aconteçam alguns fatos isolados como ocorreram na Black Friday de anos anteriores, onde empresas dobravam o preço e depois davam 50% de desconto, o que configurava, portanto, nada de desconto real.

reder-software
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website